“Privatizando” o setor público

A minha idéia é inovadora e tenho certeza que muita gente não vai gostar. O setor público deveria funcionar igual ao setor privado. O funcionário deve ter hora para chegar e sair do trabalho e não chegar às 10hs e sair às 16hs; deveria trabalhar 8 horas por dia e não 4hs ou 6hs, evitando esse atendimento péssimo que temos no SUS e nos órgãos públicos. Não deveria ter concurso público e sim processo de seleção igual ao de empresas privadas, desta forma, aumentaríamos a competitividade no setor público também, contratando pessoas capacitadas e comprometidas. Voltado ao caso do SUS, esses postos de saúde deveriam ser construídos da seguinte forma: ala de consultas e ala de pronto-socorro e não tudo junto, por isso que o SUS é um caos, você chega lá para uma consulta, por que está passando mal, e demora ser atendido porque o médico está atendendo a um paciente em caso emergência/urgência, isso quando num morre na fila esperando. A única coisa que eu já vi que é separado é a ala infantil; melhorar os salários dos médicos, pois eles trabalham desmotivados; contratar pessoas honestas e confiáveis (checar antecedentes criminais) que não roubem os remédios dos postos de saúde; construir escolas técnicas como o CEFET, mas especializadas em formar profissionais de saúde, para que tenhamos profissionais mais capacitados e qualificados. Mudando de assunto, fazer recapeamento do asfalto de ruas e avenidas; melhorar a sinalização do trânsito; dar desconto no IPVA para motoristas que não comenterem infrações no ano.

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This